Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2019

Black Friday e os planos de saúde: é possível mudar de plano sem cumprir carência?

Imagem
Por: Ana helena Guimarães Aproveitando o clima de Black Friday, muitas operadoras de planos de saúde podem ofertar planos com preços e condições especiais, tornando-se atrativas para o consumidor.   Mas e no caso dos consumidores que já são usuários de outros planos de saúde? É possível fazer a mudança para um novo plano sem cumprir carência? Cumpridos alguns requisitos é possível fazer a chamada “portabilidade de carências”, que consiste no aproveitamento da carência do plano antigo ao ingressar em um plano novo, que seja mais vantajoso em termos de preço ou cobertura.  Vejamos quais são esses requisitos: 1)       O plano antigo deve ter sido contratado após 1º de janeiro de 1999 ou ter sido adaptado à Lei dos Planos de Saúde (Lei nº 9.656/98); 2)       O contrato antigo deve estar ativo, ou seja, não pode ter sido cancelado ainda; 3)       O usuário deve estar adimplente, ou seja, todas as mensalidades devem estar em dia; 4)       Ter cumpridos os pra

Diabetes: conheça seus direitos!

Imagem
Por: Ana Helena Guimarães Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, cerca de 16 milhões de brasileiros sofrem de diabetes. De acordo com o estudo, a taxa de incidência da doença cresceu 61,8% nos últimos dez anos. Por essa razão, é muito importante conhecer, além das formas de prevenção e tratamento, os direitos que a nossa legislação prevê para esses pacientes.   É possível obter tratamento, medicamentos e insumos através do Sistema Único de Saúde (SUS)? A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação (artigo 196 da Constituição). A Lei 11.347/06 determina que os portadores de diabetes recebam, gratuitamente, do SUS, os medicamentos necessários para o tratamento de sua condição e os materiais necessários à sua aplicação e à monitoração da glicemia capilar

Plano de Saúde: 5 coisas que você precisa saber antes de contratar

Imagem
Por: Ana Helena Guimarães A contratação de um plano de saúde pode gerar muitas dúvidas para o consumidor, já que suas regras aparentam ser um tanto complicadas e os contratos longos demais. Por isso é preciso conhecer melhor quais são seus direitos e quais as obrigações das operadoras dos planos. 1-   Como escolher meu plano de saúde? Na hora de contratar um plano de saúde, são oferecidas muitas opções, por isso é importante conhecê-las para saber qual se encaixa melhor na sua necessidade. Existem cinco tipos de segmentações de planos: ambulatorial; hospitalar sem obstetrícia; hospitalar com obstetrícia; referência e odontológico. Existem também combinações entre eles (por exemplo, um plano ambulatórial + hospitalar com obstetrícia + odontológico). Vejamos o que cada uma delas oferece: ·          PLANO AMBULATORIAL: inclui consultas médicas em clínicas ou consultórios, exames, tratamentos e demais procedimentos ambulatoriais. Essa modalidade não inclui atendi

Fim do DPVAT: o que isso significa?

Imagem
Por: Ana Helena Guimarães A Medida Provisória nº 904 foi publicada nesta terça-feira (12) no Diário Oficial da União, determinando a extinção do Seguro DPVAT a partir de 2020, ficando cobertos apenas os acidentes ocorridos até o dia 31/12/2019. Lendo comentários sobre essa notícia percebi que ainda existem muitas dúvidas em relação ao Seguro DPVAT e o impacto dessa medida, por isso resolvi fazer esse texto para tentar explicar melhor o que é, a quem se destina e como é custeado esse seguro. Afinal, o que é o DPVAT? A primeira grande confusão é com relação à sua natureza. Muitas pessoas acreditam que se trata de um imposto (talvez em razão de o pagamento ser efetuado junto com o IPVA), mas não é bem assim. A sigla DPVAT significa Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre. Ou seja, ele não é um imposto , e sim um seguro, porém com a diferença de ser obrigatório para os proprietários de veículos automotores. Qual