Áreas de atuação



O Direito se ramifica em diversas áreas, algumas mais conhecidas e outras menos exploradas. Em qualquer delas, o advogado exerce papel essencial, servindo de ligação entre o cidadão e o Judiciário na busca pela efetivação da justiça.

A área Cível trata especialmente das relações obrigacionais, dos direitos da personalidade, contratos, negócios jurídicos, responsabilidade (danos morais, materiais e estéticos), dentre vários outros assuntos.

O Direito do Consumidor trata de maneira especial aquele que é reconhecidamente mais fraco em uma relação de consumo. Não raros são os casos em que o consumidor se vê lesado por práticas abusivas, serviços mal prestados ou produtos defeituosos ou com vícios.

Já o Direito Médico e da Saúde é um ramo ainda pouco conhecido, que trata com maior especificidade os temas relacionados à relação médico-paciente e o direito fundamental à saúde. Tem-se como exemplo as ações ligadas ao erro médico, fornecimento de medicamentos, cobertura de tratamentos, cirurgias, home-care etc. Trata ainda de temas éticos, voltados para o biodireito, cujas discussões transcendem a letra da Lei.

Independente de estar atuando para autor ou réu, o advogado é o profissional habilitado para sanar as dúvidas, orientar, e propor medidas adequadas para solução dos conflitos, seja pela via judicial ou não.

Quer saber mais sobre o que é Direito Médico e da Saúde? Leia meu artigo sobre o tema: 
Direito Médico e da Saúde: quando Direito e Medicina andam juntos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ebook - Telemedicina: O que é preciso para estar de acordo com a ética médica?

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) aplicada à saúde: cinco pontos importantes sobre a proteção de dados do paciente.

Direito Médico e da Saúde: quando Direito e Medicina andam juntos.